Akame Ga Kill – A analise

605784

 

Olá pessoal da KaitoArcks Finalmente vou falar sobre algo que a muito tempo eu tinha vontade, vou falar de uma serie que junta guerra, sangue e morte, um anime/manga que eu sou apaixonado por assim dizer, é claro que eu estou falando do grande:

Akame_ga_Kill_logo

Sim pessoal Akame ga kill, aquele anime que trouxe um novo significado a palavra não se apegue, mas como falar dessa obra sem antes deixar algumas coisas bem claras

– Sim essa postagem terá SPOILERS FORTES então sem choro nos comentários você foi avisado.

– Vou citar as diferenças entre anime e mangas

– Sim como foi com Elfen lied esse post tem vídeo lá no canal. (Vídeo sai na quinta-feira um dia depois desse post)

 

Mas agora parando de enrolação vamos ao que importa, começando aqui com o nosso querido resumo.

605794.jpg

 

O jovem adolescente Tatsumi sai com dois amigos de sua vila pobre rumando à capital do império, com o objetivo de alistar-se no exército e ganhar dinheiro para sua vila. No entanto uma série de eventos fazem com que os três se separem o que fez Tatsumi chegar a capital do império sozinho, depois de um início totalmente desastroso onde ele (vou listar aqui para ficar mais simples).

  • Não conseguiu se alistar
  • Foi expulso com um chute no traseiro
  • Foi enganado pela Leone
  • Perdeu toda a grana

(Voltamos ao resumo normal)

Depois disso tudo ele é acolhido por uma nobre de bom coração (ironia modo on ativado), chamada Aria que o convida a passar a noite na casa dela, prometendo ajudar a achar seus amigos que haviam se perdido/separado, com o passar dos dias ele se “junta” aos guarda-costas de Aria sendo encarregados de tarefas como carregar as compras dela, mas foi por meio dos guardas costas que ele ficou sabendo sobre o grupo de assassinos que agia na capital tendo como alvo os nobres, a assim chamada night raid (algo como ataque da noite… pelo menos eu acho, meu inglês é horrível).

Durante uma noite a mansão de Aria é atacada pela night raid (bem óbvio isso né a mansão onde o protagonista esta ser atacada depois dele ouvir falar sobre a facção de assassinos), o que o obriga a entrar em conflito com eles (na verdade com a Akame a protagonista feminina) para proteger a Aria, contudo quando estava preste a ser morto pela Akame sua vida é salva por Leone (sim aquela que roubo o dinheiro dele).

Ela mostra a ele a verdade daquela mansão, onde ele descobre que na verdade aqueles bons samaritanos eram uns loucos (e alguém é normal nesse anime?) E no meio de todas as vítimas estavam os amigos do Tatsumi, que ao saber disso Tatsumi se revolta e mata Aria com uma espadada (Não Kaito ao ver os amigos mortos/quase ele fica feliz salva ela a vai morar na macedônia).

Logo após isso ele se junta a Night Raid (sem muita opção na verdade), mas com o passar do tempo ele percebe quem são os verdadeiros “vilões” começando assim sua aventura para tornar o império um lugar melhor.

 

Bem pessoal esse é claro é apenas o resumo do primeiro episódio, já que meu objetivo não é tornar isso aqui uma história completa e também não posso enrolar muito para falar sobre Akame ga kill, mas então vamos lá.

Minha opinião Akame ga kill se destaca dos demais animes por não ter o tão chamado protagonismo, onde tudo se resolve no final e ninguém morre o que torna muitos deles chatos, mas o seu maior diferencial é a morte, pois ao contrário de animes como Dragon Ball, Naruto e outros a morte não é algo que possa ser desfeito dando um peso enorme a obra, mostrando que não tem essa historia de que se morrer depois revive.

Outro ponto forte na obra é o uso das armas imperiais ou teigus no original, que são armas espécies que foram feitas de matérias raros como:

A incursio: Feita à partir da carne do dragão tirant (dragão esse que ainda está vivo dentro da armadura), ou a Murasame uma Katana “amaldiçoada” que tem a capacidade de matar com um único corte.

Eu falo que eles são outro ponto forte, por que as lutas com as Teigus são bem feitas e animadas/desenhadas não sendo algo monótono ou rápido demais, mas sim lutas na medida certa onde cada movimento faz a diferença e nem sempre o “vencedor” é óbvio, mas sim nós trazendo surpresas e reviravoltas.

20Em resumo Akame Ga Kill é um anime que nos surpreende a cada episódio, mudando o rumo das coisas a todo o momento não dando espaço para “previsões” sobre o que vai acontecer logo em seguida deixando sempre a expectativa no ar.

 

 

Bem vamos agora para algumas curiosidades:

(com Spoilers)

  • Muitos personagens mortos no anime ainda estão vivos dentro do manga como é o caso da Kurome e da Mine e do próprio Tatsumi
  • Wave é o único a conseguir usar duas Teigus ao mesmo tempo sendo elas Grand Chariot e Mastena
  • Ao contrario do que acontece no anime a incursio teigu do Tatsumi ainda se mantem viva (sua matéria prima) o que a faz se fundir a ele o transformando em um dragão.
  • A morte dos personagens Lubbock,  honest (primeiro ministro/grande FDP) e Shura (filho do grande ministro e mais FDP que o mesmo) tem mortes diferentes no anime e manga.

Antes de finalizar essa post vou falar dos meus favoritos (personagens masculino, feminino e teigu)

Masculino fico com o Wave, pois é um personagem que evoluiu muito e se tornando um grande personagem fora a cena que ele protagonizou me fez virar fã dele:

Wave's_Epic_Punch.jpg

Feminino:  É a Mine, sim a nossa “tsundere” de akame ga kill, bem existe varios fatores para eu gostar dela, um deles é a sua determinação em mudar a realidade dos mestiços no mundo de Akame ga kill e outra é o fato dela sempre esta zoando o protagonista.

136

 

Teigu: Já a minha Teigu favorita pode se dizer que são duas, a primeira é a Incurso, tanto pelo fato dela ser uma armadura, tanto por poder evoluir.Incursio_evolve_form

Já a segunda é a Cross Tail, uma teigu na forma de fios que podem assumir varias formas.

Lubbock_Green

Bem pessoa esse foi a postagem sobre Akame ga kill, quem quiser saber mais vai lá na KaitoArcks (Link)  e veja o vídeo complementar (o vídeo vai ao ar na Sexta-Feira) então é isso muito obrigado valeu e tchau!

 

 

Anúncios

Elfen Lied – Uma resenha ou quase isso.

150040 Boa-noite galerinha simpática, Bem-vindos a nossa primeira postagem sobre animes aqui no blog, algum tempo atrás eu postei o nosso canal o vídeo sobre os animes que mais me impressionaram, por isso decidi fazer Vídeos e postagens especiais sobre esse animes falando um pouco deles suas histórias e planos de fundo, como uma forma de complementar os vídeos.

Então resolvi começar com Elfen Lied, mas vamos ao que importa, então vamos ao resumo bem resumido com alguns Spoilers:

122234

“A história se passa na cidade japonesa Kamakura, e começa com a fuga de Lucy, uma poderosa Diclonius Rainha (por ser naquele momento a única com o poder de reprodução através dos vectores), de uma ilha, um centro de pesquisas, fortemente protegido por gente armada, com uma instalação científica enorme. Na tentativa de impedi-la, um sniper acaba acertando seu capacete e a derruba no mar. Depois ela é encontrada por Kouta e sua prima Yuka na praia da cidade, sem roupas, sem memória alguma, com comportamento de uma criança pequena e a única coisa que conseguia falar era “Nyuu”. Por ela só saber falar isso, eles acabam chamando-a de “Nyuu” mesmo. Depois ela acaba por ir morar com Kouta, numa antiga pensão fechada, que ele tinha alugado para morar enquanto estudava na universidade. Enquanto isso, o pessoal que trabalha no laboratório está desesperado atrás da Lucy, e enviam assassinos profissionais e outras Diclonius atrás dela.”

 

Uma das coisas que me chamou atenção em Elfen Lied foi o fator do autor ter usado elementos não muito explorados como o Preconceito com algo novo, abusos tanto sexuais como físicos e mentais, mostrando o lado cruel da humanidade onde domina os sentimentos negativos desde inveja e ciúmes até o ódio.

Fazendo momentos leves de comedia a lutas cheias de sangue e dramas que fariam você entrar em desidratação, contudo isso é apenas uma parcela do que essa obra realmente representa afinal o anime é bem rushado cortando boa parte do manga, contundo a arte no anime é lindo demais. E podemos usar a Elfen Lied para fazer um paralelo com o que acontece no mundo real, de uma forma surpreendentemente realístico ao que trata do ódio ao próximo, podendo tirar como base os acontecimentos em Charlosttesville nos Estados Unidos, reflete isso muito bem no anime, contudo enquanto no anime o ódio é focado em uma nova raça no mundo real podemos colocar o ódio contra pessoas que são negras, homossexuais entre outras coisas, por pessoas que se acham superiores e não conseguem conceber viver pacificamente com outros que para eles são inferiores.

Agora voltando a falar do anime, eu não poderia deixar passar a música de abertura de forma alguma afinal ela é um dos grandes destaques do anime em si, já que ao contrário de muitas aberturas ela é composta em Latim e não em Japonês ou inglês, contendo varias passagens bíblicas como:

versículos 1-2: Salmos 37:30 : versículos 3-5: Epístola de Tiago 1:12 e no hino religioso Ave mundi spes Maria (Ave Maria, Esperança do Mundo)

A letra e a melodia são de Kayo Konishi e Yukio Kondou, que foram requisitados para criarem a canção como um Canto Gregoriano, interpretada por Kumiko Noma.

Sem contar que as imagens mostradas são obras do Artista Austríaco Gustav Klimt onde entre eles se destaca o quadro o beijo.

Bem pessoal essa foi nossa postagem e eu prometo escrever mais no Blog e voltar com o canal até a próxima e Adeus.

283746

Sobre uma serie de postagens e outras coisas

vamps3

Olá, bem-vindos a mais uma postagem do KaitoArcks o blog onde nada faz sentido, mas sempre tem um sentido… ok agora que a apresentação foi feita vamos ao que realmente importa.

Desde cedo sempre fui aficionado por lendas mitologias e criaturas sobrenaturais tanto que elas vivem sendo incluídas em minhas histórias, contos e livros (tanto os que eu escrevo quanto os que eu leio), essas criaturas que nós trazem medo e admiração por serem seres que representa tudo aquilo que temos medo e também fascínio as trevas.

Mas esse post aqui não é para falar das trevas ou das criaturas que vivem nela, contudo é para dizer que esse é o primeiro post de uma série de postagens sobre os seres da noite e outras coisas, afinal de contas quero transformar essa postagem em algo para quebrar os medos e trazer a luz essas criaturas. (Não literalmente afinal, muitos morrem na luz do sol…kkk)

Então aqui vai a ordem das criaturas que eu vou retratar nos posts dessa serie, lembrando que ela será postada a cada quinze dias intercalando com outras postagens e as postagens normais e meus contos e pensamentos como os vídeos no nosso canal o link vai estar logo ali do lado só clicar nele >> https://www.youtube.com/channel/UCjMr-H7yue-HvEQrspKPPwQ

E aproveitando o marcham do canal, ali falamos de animes, mangas, livros e temos o papo de quinta, um vlog onde eu falo coisas aleatórias que me veem a mente sem roteiro nenhum.

Mas voltando ao que realmente importa aqui vai a ordem dos posts:

  • Vampiros
  • Lobisomens
  • Ghoul
  • Fantasmas
  • Espectros
  • Dullahan
  • Zumbis
  • Ceifadores

Ate aqui esses oito itens são criaturas que eu chamo de seres da noite inferiores, mas agora vira a lista dos superiores que é na verdade todos membros de uma mesma “família” por assim dizer, mas cada um deles de uma maneira diferente de agir e são muito mais ligados as características humanas mais escurar e sombrias, já que são representante de tudo aquilo que tentamos esconder de nós mesmos.

Eles são… os demônios.

  • Satanás – (falo da classe de demônios chamadas satanás e não Lúcifer não é um satanás… no post eu vou explicar melhor)
  • Íncubos
  • Súcubos
  • Ex-humanos (demônios que no passado foram humanos)

Bem esse serão os assuntos dessa série e a ordem será a que foi apresentada no nesse post então esperem no próximo domingo a postagem sobre vampiro, como surgiu a lenda, os poderes, influencia na cultura e vampiros famosos.

Eu sei que essa postagem foi bem fraquinha, mas eu quis fazer ela porque essas criaturas sempre me fascinaram e eu estava afim de fazer ele, por que essas criaturas fazem parte de muitas das coisas que eu leio e escrevo como disse antes, então por hoje é só, amanhã terá aqui será publicada minha primeira fic sobre saint seiya ou como conhecemos aqui no BR os cavaleiros do zodíaco, mas isso vai ser somente amanha  e como ainda tenho um tempo para escrever, vou falar de algumas coisas aleatórias que me deixam fascinados fora os seres da noite e que possivelmente podem e vão ganhar uma serie de postagens aqui, afinal de contas elas também fazem parte da minha vida me fascina, como os dinossauros e sim já aviso que me apaixonei por eles desde que vi o primeiro filme da franquia Jurassic Park e sim eu sei que muitos deles estão errados, mas não vamos dar uma de conservadores, também temos nessa ordem de monstros gigantes nosso Kaiju favorito o Godzilla (Gojira para os mais íntimos) .

e os Dragões, também posso pôr na lista os anjos, e duas criaturas que devem ter postagens somente delas e essas eu direi na terça feira que vem em uma nova postagem então esperem até lá e boa noite.

 

Você não deve satisfação para ninguém (+16) e sim haverá palavrões nessa postagem.

Sempre que olho para os lados, seja em um post da web ou em uma conversa, sempre tem alguém que tem a necessidade de se explicar para alguém seja sobre a sua vida pessoal, financeira, politica, religiosa e até mesmo a sexual, o que essa pessoa não sabe é que ela NÃO DEVE A PORRA DESSAS SATISFAÇÕES A NINGUÉM. (Logico se você for maior de menor de idade você deve a satisfações a seus pais)

Mas tirando eles, nenhuma outra pessoa tem o direito de exigir satisfações sobre a sua vida então, não fiquem se culpando caso alguém lhe pergunte algo que não seja impertinente, assim como também não ligue para o que os outros falem sobre o que você acha, pense ou sente afinal a PORRA DA VIDA É SUA e você é o único que deve se importar com ela, então se alguém for falar sobre algo sobre qualquer coisa sobre a sua vida pessoal, não tenha a vergonha de olhar nos olhos dessa pessoa e dizer de uma forma carinhosa. FODA-SE!

Sim taque um FODA-SE na cara dessa pessoa, pois a vida é sua então se você tem medo do que os outros vão pensar, olhe no espelho e manda a si mesmo se FUDER e tome uma atitude.

Esse post foi curto apenas para passar uma ideia que me veio à mente e sim esse blog é bem ácido, obrigado valeu e tchau.

Extra abaixo segue uma lista das coisas que você não deve satisfação:

Você não deve qualquer explicação para sua situação de vida.

 

Você não deve qualquer explicação para as suas prioridades de vida.

 

Você não deve explicação a ninguém pelo tempo que passa sozinho.

 

Você não deve a ninguém explicação sobre suas crenças pessoais

 

Você não deve a ninguém um sim a tudo o que dizem.

 

Você não deve qualquer explicação sobre a sua aparência física.

 

Você não deve qualquer explicação para a sua vida sexual.

 

Você não deve qualquer explicação sobre as suas opiniões políticas ou religiosas

 

Você não deve qualquer explicação para a sua decisão sobre casamento.